Grazi

“SE VOCÊ PODE SONHAR, VOCÊ PODE FAZER”
(Walt Disney)

Fotos: Sharon Eve Smith

Olá, meu nome é Graziele, mas você pode me chamar de Grazi.
Cresci na roça, em Piranguçú, “beeeem” no interior de Minas, em um ambiente cercado por galinhas, vacas, porcos, gansos, patos
e outros bichos que o “povo da cidade” só conhece pela televisão.
Passava tardes inteiras comendo frutas em cima de uma árvore, ficava toda ralada de nadar no rio em dia de enchente,
tomava leite quentinho direto da teta da vaca, vivia com o pé encardido, andava à cavalo e o nosso meio de locomoção era uma charrete.
Hoje eu “vivo na cidade”, em Mogi das Cruzes, ao lado da grande São Paulo, mas aquela “menina caipira” ainda mora dentro de mim.

Gosto do mar na mesma intensidade que gosto de roça. AMO comida mineira feita (pela minha mãe) no fogão à lenha.
Não gosto de peixe, tenho fobia de agulha e prefiro sem dúvida os dias ensolarados.
Uma magrela, tagarela, apaixonada por decoração, que vive com os pés descalços e muito sonhadora.
Sou casada com meu melhor amigo (o Rodrigo) e temos dois filhos de 4 patas (o Floquinho e a Chiquinha).
Somos muito caseiros, mas amamos viajar e fotografar. Sim, o Rô me acompanha sempre que pode, me ajudando com seu olhar detalhista.

Filha mais velha de três meninas, eu fui a única que me aventurei de estudar Turismo & Hoteleira e trabalhei na área por 7 anos.
Meu contato com a fotografia foi despretensioso, totalmente sem querer.
Em 2012 eu fiquei o ano todo organizando e sonhando com meu casamento e foi onde me deparei com o “mundo paralelo” dos fotógrafos.
Ali uma “sementinha” foi plantada!
Voltando da nossa lua de mel, ganhei de presente do Rô, uma câmera fotográfica e uma bela dose de incentivo.
Aqui a sementinha começou a germinar e ele já estava sonhando, junto comigo… ou melhor dizendo, estava sonhando mais do que eu.

Recomeçar aos 30 anos de idade não é tão simples assim, mas meus pensamentos me faziam lembrar que Jesus disse:
“Não vos preocupeis, pois, com o dia de amanhã: o dia de amanhã terá as suas preocupações próprias.
A cada dia basta o seu cuidado” 
(Mat. 6:34).

Hoje, eu consigo ver e sentir que foi Deus que plantou aquela “sementinha” no terreno dos meus sonhos, mas que depende de mim cultivá-la
para que continue dando bons frutos. Eu conto também com “certos adubos” para que essa colheita seja farta… o Rodrigo meu marido lindo,
meus pais (1 e 2), minhas irmãs, meu cunhado, meus amigos e meus clientes-amigos que me incentivam, me apoiam e reconhecem
que estou fazendo o meu melhor e que vou continuar sonhando sempre mais alto.

Ah, e se tem uma coisa que eu acredito é que se eu fizer o meu possível, Deus fará o impossível por mim.
Então, que venha o novo… estou disposta a enfrentá-lo!

Minha fotografia é no conceito lifestyle.
Como o próprio nome diz “estilo de vida”, a proposta do meu trabalho é capturar imagens espontâneas e autênticas, sem poses forçadas.
Quero fotografar sentimentos verdadeiros e emoções reais, contado a história da sua vida como ela realmente é.
Além das fotografias do meu portfolio, dá uma olhadinha lá na aba “Meu Canto” para conhecer um pouquinho mais de mim e dos meus sonhos ;)


Seja bem-vindo e encante-se!